• tete


  •  

    Vamos pensar na seguinte situação: o paciente tem um horário agendado ou deseja marcar um horário para ser atendido por você. Ele tenta o contato com a sua secretária por telefone uma vez. Ocupado. Acaba deixando para mais tarde. Horas depois ele volta a telefonar e adivinha? Por coincidência, mais uma vez ocupado. Mais tarde, uma forte chuva causa transtornos na rede de telefonia fixa do seu consultório. O paciente liga mais uma vez e ouve a gravação que anuncia o problema. Enfim, desiste.

    Quando o paciente/cliente conta com apenas um meio de comunicação para se relacionar com você, é muito provável que, quando não atendido, ele seja vencido pelo cansaço e procure por um outro profissional da saúde. Por isso, a melhor dica é: diversificar os canais de comunicação com ele, seja para fins de agendamento ou mesmo para estabelecer um contato mais próximo e melhorar o relacionamento.

     

          E por que isso pode ser uma boa?

     

    Marcar presença em múltiplos canais de comunicação pode trazer inúmeros benefícios para a sua clínica ou consultório. Ao manter um contato mais simples e direto com os clientes, eles tendem a se sentir muito melhor atendidos. Além disso, com a utilização dessa estratégia é também possível reduzir a taxa de falta dos pacientes às consultas. Afinal, quanto mais facilidades e recursos de “lembrança” o paciente tiver, maiores serão as chances de que ele não se esqueça da consulta ou, no mínimo, tenha a iniciativa de desmarcar a tempo.

     

         Mas quais canais utilizar e por que?

     

    Com o surgimento das novas tecnologias, a comunicação se tornou mais rápida e eficiente. Prova disso é a troca de mensagens via internet, por exemplo. Por outro lado, apesar de ser necessário mergulhar de cabeça neste novo nicho de interação social para não ser deixado de lado por seus potenciais clientes, é preciso ter em mente que os meios ditos como “tradicionais” também têm a sua relevância.

    Confira alguns dos canais de comunicação que podem ser eficientes e trazer resultados para o seu negócio:

     

    TELEFONE

    Entre os canais de comunicação com os pacientes, o telefone é, sem dúvidas, o mais comum e tradicional deles. Mesmo hoje em dia, este meio ainda é indispensável, pois atende a todos os públicos, independente do perfil. Na prática, a ligação telefônica tem mais relevância na parte de agendamentos e cancelamentos e permite uma relação mais atenciosa e direta com o paciente.

    SMS

    Com a crescente popularização do celular no Brasil e no mundo, enviar SMS se tornou a estratégia bastante eficiente e assertiva para a comunicação entre empresas e clientes. Além disso, o SMS é uma alternativa direta e pouco invasiva, já que o paciente recebe a mensagem e vai acessá-la apenas quando estiver disponível. Do ponto de vista financeiro, o uso dessa ferramenta de forma adequada pode reduzir consideravelmente as despesas com ligações telefônicas, o que significa ponto positivo para a seu faturamento.

     

    E-MAIL

    O e-mail é uma forma de comunicação um pouco mais atual quando se fala em contato com o cliente, porém, que deixa um pouco a desejar. Apesar de quase todas as pessoas terem um endereço para o recebimento de mensagens eletrônicas, raramente acontece de alguém conferi-lo todos os dias. Por isso, aqui vale o bom senso. Utilizar o e-mail para agendar e cancelar consultas pode ser uma má ideia. Prefira o correio virtual apenas para mensagens comemorativas, reportagens, etc.

    FACEBOOK

    O Facebook é uma rede social que tem grandes particularidades. Diferente dos outros canais de comunicação já sugeridos, a plataforma pode servir para outras funções além do contato direto. Na rede você pode, por exemplo, disponibilizar informações para os seus pacientes, compartilhar reportagens interessantes, etc. Além de uma atitude de utilidade pública, fazer isso de forma comprometida pode tornar você um profissional de destaque e de relevância no mercado. 

    WHATSAPP

    Quem hoje em dia não anda com um smartphone nas mãos ou no bolso, não é mesmo? Em um contexto comunicacional, o WhatsApp assume basicamente uma função semelhante ao envio de SMS, porém, conta com a vantagem de ser gratuito e via internet e também possibilitar a troca de vídeos e imagens. 

     

    CORRESPONDÊNCIA 

    Apesar de pouco utilizado nos dias de hoje, a correspondência tradicional ainda é uma alternativa interessante. Isso porque, em alguns casos, é uma forma mais pessoal e tradicional de se comunicar, característica que pode ser bastante valorizada por alguns dos seus pacientes.

     

    Após analisar todos estes canais de comunicação, vale lembrar:

    Não basta querer marcar presença em diversos canais de comunicação. É preciso ter planejamento e gerenciamento para que tudo caminhe. Afinal, de nada adiantam canais “ativos” que na realidade não funcionam, ficam desatualizados e ineficientes.

     

    Enfim, a porta da sua clínica ou consultório deve estar sempre aberta para atender seus clientes com atenção e máxima eficiência. Isso significa que é preciso operar em várias mídias ao mesmo tempo, sendo necessário investir em canais de relacionamento como alguns dos que foram citados anteriormente. 

     

    Cada público possui realidades diferentes, e oferecer soluções de atendimento personalizadas é fundamental.

     

    É importante destacar, é claro, que nenhum dos canais de comunicação anula o outro. Quando utilizados em conjunto e de forma integrada, tem o seu potencial de efetividade multiplicado, demonstrando dedicação pelo paciente quaisquer que sejam os meios.  

     

    Confira também: A importância de uma boa identidade visual na área médica.

     

     

    Voltar

       Empresas       Contato       Comercial       Catálago