• tete


  •  

    Procurar por um serviço de saúde, na grande maioria das vezes, já é um motivo de preocupação para o paciente. Isso porque, desde uma situação de “check-up” a até mesmo um tratamento mais delicado, é possível que ele vivencie momentos inesperados, o que pode interferir diretamente no seu bem-estar.

    Do ponto de vista do profissional, lidar com a saúde das pessoas é um grande desafio, sem dúvidas. Cada pessoa tem uma história e um quadro clínico diferente, por isso existem casos em que o cuidado deve ultrapassar as barreiras do físico e levar em consideração também o estado emocional do paciente. E é exatamente aí que surge o famoso atendimento humanizado.

    Atendimento humanizado? Afinal de contas, o que é isso?

    Atendimento humanizado ou humanização do atendimento significa realizar qualquer tipo de ação levando em conta o respeito e a compaixão pelo outro. Em assistência à saúde, esse conceito é ainda mais abrangente, pois pode interferir diretamente no bem-estar do paciente. 

     

    Pode parecer ainda uma grande novidade para uma minoria de profissionais da área médica, mas a humanização do atendimento é uma tendência que vem ganhando cada vez mais força e espaço. E por que você deve ser preocupar com isso?

    Com certeza você já ouviu alguém por aí falando: “Gostei muito do Dr. X” ou “Senti confiança no tratamento da clínica Y” ou ainda “Fui muito bem atendido pela secretária do consultório Z”. Ou seja,

    atendimento humanizado é lembrado!

    E lembrança significa qualidade, que gera propaganda positiva boca a boca, que atrai mais clientes, consequentemente mais faturamento, etc., etc., etc.

    Mas também é preciso tomar cuidado, pois oferecer um excelente atendimento não é tão simples quanto parece. A humanização pressupõe a união de um comportamento ético com conhecimento técnico e a oferta de cuidados dirigidos às necessidades dos pacientes. Então, de início, vale levar em consideração algumas premissas básicas como:

     

    Ter empatia

    Empatia é a capacidade psicológica de sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Resumindo: consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.

    Na área da saúde, exercer a empatia é fundamental, pois ajuda a lidar com os problemas dos outros de uma maneira mais cuidadosa, atenciosa e complacente. Em resumo, humana. Percebe com isso é fundamental para a sua profissão? 

     

    Transmitir confiança

    A relação entre médico e paciente precisa ter como base fundamental a confiança. Afinal, uma vida pode estar em jogo, não é mesmo? E você sabe como fazer isso? É simples: olho no olho. Ninguém gosta de ser atendido por um médico que sequer dá atenção ao que ele fala.

    Por isso, não seja esse tipo de profissional. Tenha um olhar acolhedor e uma atitude sempre firme e positiva. O paciente sente isso, pode acreditar. Poder contar com o apoio e sensibilidade do profissional da saúde envolvido pode fazer toda a diferença na evolução do estado clínico do paciente.

     

    Ser flexível de acordo com o perfil

    Além do cuidado, confiança e carinho, uma importante característica da humanização é a flexibilidade no atendimento. Isso mesmo! Para oferecer sempre o melhor a cada paciente, é preciso fazer com que ele se sinto único, importante e diferente dos demais.

    Uma boa estratégia é personalizar o atendimento. Não tenha medo de mostrar interesse pelos assuntos pessoais do paciente como perguntar sobre a família, por exemplo, ou mesmo reservar algum tempo para ouvir suas histórias. Muitas vezes, só de ser ouvida, a pessoa já se sente aliviada e o tratamento flui de forma muito mais tranquila e confiante.

     

    E não se esqueça do pós-consulta

    Tão importante quanto o bom atendimento durante a permanência do paciente no consultório, é também o momento posterior. Experimente entrar em contato com ele após algum tempo, perguntar como se sente e se o tratamento está sendo realizado de maneira correta.

    É importante lembrar que mais do que um atendimento atencioso, a humanização é um ponto positivo para você, seu paciente e seu faturamento.

     

    Ajudou você? Então confira também: 4 razões para escolher a sua secretária de maneira estratégica.

     

    Voltar

       Empresas       Contato       Comercial       Catálago